sábado, 30 de janeiro de 2016

Iniciando o XIV Encontro


sábado, 10 de outubro de 2015


domingo, 27 de abril de 2014

Um domingo no SIC


UM DOMINGO NO SIC




Acordar no domingo e se lembrar que a rotina do dia, sem aulas, seria diferente, já era um alívio.



Porém, o começar do dia tinha que passar pela Capela, em jejum, para um missa solene de uma hora e meia.


Saindo da Capela, atravessando o claustro, direto para o refeitório.


Primeiros tempos, silêncio, mas depois conversa normal.
Aos domingos, sem pressa.


Não...não...não....nada de estudos aos domingos...bem, dizem que no princípio, havia estudo aos domingos pela manhã.



O hall, coração do SIC, domingo, sem correria...tudo tranquilo...



Uma volta pela avenida para uma foto.



Batendo uma bola no futebol de salão....




Outra pose da turma para uma foto...quem sabe, lá pelo ano 2014, alguém se lembraria....



                                                                  Um passeio pelas avenidas e um bom papo de amigos....                             


Menores nas escadinhas do campo de baixo....


Menores batendo bola, domingo de manhã, sob a assistência dos amigos e padres...




Recebendo as famílias....

À tarde, a seleção de futebol.....








Depois do jantar, lavando os pratos....




Fim de domingo....



Fim do dia....

















domingo, 30 de março de 2014

Novos ex-SIC

Eis que esse blog, parado como um mar sem ventos, de repente recebe uma brisa forte e suavizante.
Amigos...amigos...

E-mails recebidos no reconhecimento do Edevaldo Franco Junior 30 de março de 2014
(grego)
******************************************************************************


Não sei mexer bem com email. Não tenho hábito de pesquisar computador, mas hoje resolvi mexer. Vi o "ex.sic.1955 @gmail.com" .Acreditem por favor, venho curtindo sozinho minhas memórias do Seminário há 53 anos.
Gostaria de me comunicar com voces, talvez contar alguma coisa do SIC
Lembran-se do Benine (hoje está no Silvio Santos... fomos colegas em 61, ele talvez nem se lembra de mim.)  Vicente Adorno Comentarista Internacional. Eu não sou nada. Me lembro de muitos.Mizael de Toledo... Parece  que tinha um tal de Viziack. O Trentim também. João Costa (B. Itau)Todos  colegas de camerata. O Irm. Paulo Shefer (?) acabava de chegar dos USA, foi no Seminário e me levou tirar medida parr confeccionar a 1º cadeira de aluno do Colégio Notre Dame de Campinas.Brincavam comigo que eu era o "aluno honoris causa" aluno daquele Colégio . E na época, o saudoso Pe. Vanim tinha uma lambreta. Num dos passeios , eu comecei a mancar para ele ficar com dó e me dar carona (estrada de Valinhos- íamos no local chamado "matinho" para nadar... lembram-se.).Ah! modestia a parte, penso que fui um dos melhores no ping e pong, o Conego Luis me chamava de "Biriba", mas só  no ping e pong. Assisti a ordenação do Pe. Sigrist.e o Diaconato do Couto . O Pe. Sena dava matemática. O Pe. Vicaldo Francês. É só começar e já vou me lembrando. Tenho guardado Boletim do SIC de minhas Notas com assinatura do Monsenhor Bruno Nardini (1º série) Religião 10,00,Ah!,mas canto orfeônico 4,5 Ufa! . O Mons. Bruno não admitia um papelzinho jogado, ele falava (era meio nasal) pega aí ...pega. 
Com todo respeito, gostaria de participar dos assuntos relacionados com o SIC , fui seminarista em 1961 ,1962 e uma parte de 1963. Nunca mais me esqueci do Latim que aprendi.Quanta satisfação...Fut. Campo de cima, campo de baixo...Spiribol,basquet. Nadar só lá  nos Estigmatinos. Lembram-se do Seu Geraldo (funcionario). E a Irmã Tereza e a outra  Irmã mais alta não lembro o nome?. Quando entrei me deram um livro preto chamado "...  nua ...naris Meo" eu achava que era latim, mas não,havia apagado as letras, era "Manual do Seminarista Menor",lembram-se ?Claro que sim. E com os demais etc...eetc...peço que me. desculpem pelo alongue.... Vou  me empolgando....
Até mais . 
Edevaldo Franco Junior -

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Grego
Em 29/3/14
Que prazer falar com você. Fiquei emocionado com a sua frase "do passado,vc. já citou algumas coisas que deu lembranças". 
O SIC  marcou muito..., eramos meninos, uma idade em que tudo parecia  magia e que nos produziu recordações sadias e agradáveis.
O nome "Rocha" não me é estranho. Eu devo ter saído  na metade de 62. Vou verificar melhor.,mas penso que estive lá em 60 , 61 e 1/2 de 62 . Lembrei agora, do Bressane.  Tinha outro que vou tentar pronunciar " Butchi  ou Buter".

Rapás, lembrei agora, do "Savio".  O Severino era  bastante amigo meu  ele depois foi para a Bélgica, Rue de Tirlemont,Louvain. Amigo,   outro que me veio à mente após tantos anos é " Baccarim (me parece que este  se formou médico?).       Olhe outro chegando...:o Ruiiz.  Pode ser que estes continuaram após 62 e você veio a conhecê-los. Tinha o Gil Celedônio Gomes dos Reis Jr. Outo, o Camilo.
Lá no SIC  eles já me chamavam de "DINHO FRANCO", alcunha que carrego até hoje.  Eu até prefiro porque com esse "DINHO" me sinto sempre o mesmo lá no passado.
Fique com Deus

Edevaldo (Dinho Franco)

áh,moro em Descalvado,SP. Rua Presidente K., Vila Franco,CEP 13690-000. Advogo  ha 37 anos. Ainda estou na ativa. Enfarte também.(pra eu acordar para a vida) 4 stentes coronarianos também (me deixaram novo de novo).    Grego: eu voltaria a fazer tudo o que fiz, inclusive ir  para  o seminário. Era divertido ira para a "mesa dos porquinhos" quando no refeitório derrubávamos o copo d´água ou  feijão  ou outra coisa na toalha limpa e o castigo era ir para mesa dos porquinhos e  não comer mistura.
E o tody de baiano heim?. Aquilo era ruim . ( fubá com canela e água + açucar).

Até mais
Dinho Franco 

*********************************************************************************************************************************
Dinho,


Eu sou o Rocha. De Amparo, entrei no ex-SIC em 1962 e saí em 1967. Quando entrei acho que você estava saindo, ou já tinha saído.

Ajudo o Grego nesta tarefa de agregar o pessoal que estudou no ex-SIC. Sempre que aparece alguém novo neste comunidade virtual, envio uma espécie de "kit" para dar uma visão geral do que já fizemos e do que estamos fazendo. 


O Grego já lhe adiantou alguma coisa, mas vou facilitar seu trabalho de pesquisa tentando resumir nossas atividades (não sei o quanto familiarizado você está com computador, mas a dica é clicar sobre os "links" com o botão direito e escolher "abrir em nova aba"):



1) "Site": Aqui você poderá "matar saudades" daquele tempo. http://sites.google.com/site/exsicampinas/



2) Álbum de fotos": Fotos antigas e atuais. http://picasaweb.google.com/ex.sic.1955. Estamos aguardando suas colaborações para enriquecer nosso álbum. Caso você conheça pessoas nas fotos já postadas possíveis de identificação, favor "baixar" a foto e nos enviar com as respectivas identificações que teremos prazer em atualizar. 



3) "Blog": Onde são postados assuntos atuais envolvendo a comunidade ex-SIC. Em abril/2010 começamos a publicar uma série de entrevistas com seminaristas de várias turmas, inclusive os que estudaram antes da inauguração do ex-SIC. Se quiser fazer comentários sobre qualquer uma delas, eles serão bem-vindos. Aproveito para convidá-lo a participar como entrevistado. As perguntas estão no final desta mensagem.

A direita em "Marcadores" estão os nomes de todos os que participaram respondendo nossas perguntas. Alguns deles tenho certeza que você conhece. Leia-as e provavelmente você se interessará em participar desta galera.
http://www.ex-sicampinas.blogspot.com/

 Estas entrevistas geraram um livro. Se quiser ter a versão em papel pode encomendá-lo aqui: 

http://clubedeautores.com.br/book/130463--Memorias_do_Seminario

Se quiser ver como ficou, na versão "on line" o "link" é este:

https://docs.google.com/file/d/0B7LAPKmoTSu1ZVUxSU8wQXBxU3M/edit?usp=sharing

4) Há ainda um outro "blog" onde foram postadas algumas edições d' O Circular. Não sei se você foi colaborador. Se foi encontrará mais lembranças lá.

http://ex-sic-o-circular.blogspot.com/

5) "Lista de contatos": É uma lista onde estão todos os que conseguimos identificar até o momento. Esta lista não é pública, portanto só quem sabe o "link" a seguir é que consegue acesso a ela. Assim, guarde uma cópia desta mensagem para futuros acessos, caso necessite. Ou nos peça novamente que enviaremos o "lnk": 

OBS: Se quiser o link nos contate pelo e-mail ex.sic.1955@gmail.com

Seu identificador nesta lista é 371. Favor verificar se os dados estão corretos e se puder informar mais dados para complementá-la, agradeço.

6) Um "personagem" no Facebook. Procure por ex-SIC que você nos encontrará lá.

Sempre que quiser nos contatar utilize este endereço de e-mail. Eu (e/ou o Grego) estamos constantemente acessando e respondendo. Também através dele é que avisamos de nossos encontros, novas entrevistas etc.

Espero que goste de que já publicamos. Comentários, críticas, contribuições, sugestões etc. serão sempre bem-vindos


[]'s

Rocha

Perguntas para a entrevista:

Aqui estão as perguntas. Se quiser acrescentar e/ou suprimir perguntas, fique a vontade. Também pode utilizá-las apenas como um roteiro para depoimento.

Se declinar do convite, favor responder para eu saber que você leu esta mensagem

Grato,

Rocha  

  • Quando entrou para o ex-SIC?
  • De que cidade/paróquia?
  • Por que entrou para o seminário?
  • Quantos anos tinha quando entrou?
  • Quando saiu do ex-SIC?
  • Quantos anos tinha quando saiu?
  • Por que saiu do seminário?
  • O que aprendeu no ex-SIC?
  • O que faltou aprender?
  • O que fez depois que saiu? Estudou o que?
  • Qual sua trajetória profissional após a saída do ex-SIC?
  • Trabalha ainda?
  • Casou? Tem filhos? Netos?
  • Quais as recordações mais marcantes do tempo de ex-SIC? 
  • Cite um personagem com quem conviveu na época e que o impressionou positiva ou negativamente. .
  • Sobrou alguma mágoa? Qual? .
  • Se voltasse no tempo iria novamente para o ex-SIC? Por que?
  • Quais as principais mudanças que a entrada (e/ou saída) do seminário provocou em você?
  • Se dedica à Igreja  Católica atualmente?
  • Qual sua relação com a religião atualmente?
  • Como você compara a sua religiosidade daquela época com a atual?
  • Como você compara a Igreja Católica daquela época com a atual?
  • O que você acha dos reencontros com os ex-colegas do ex-SIC?
  • Alguma sugestão?
  • Qual pergunta você gostaria de ter respondido e que não foi feita?
  • Há algum outro endereço na internet que tenha mais informações sobre você? Algum "link" que você queira divulgar?
  • Alguma mensagem especial aos outros ex-SIC?


Em 30 de março de 2014 00:00, Edevaldo Franco; escreveu:




*****************************************************************************************************************************

Pucha! v. tem muitas lembranças, fiquei pouco tempo lá mas lembro de todos esses nomes....M. Bruno, Vanin, Couto (o mestre do ping pong) etc.
Enviado através do meu BlackBerry® da Nextel

Ah! Também me lembro do Canoas, do Vieira (que me acordava às 6 batendo palmas no dormitório), e do Hugo que matava passarinhos para dar de comer ao pequeno jacaré que vivia na fonte do pátio interno. Velhos tempos.
Enviado através do meu BlackBerry® da Nextel

Antonio Sérgio Escodro

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++



quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

DIA DA FRATERNIDADE UNIVERSAL



Amigos ex-SIC,  

....e o tempo vai passando, subindo e descendo...

Estive pensando sobre o que poderia escrever para vocês, nesse 1 de janeiro de 2014.

Como diz meu amigo Omar, não sou chegado à essa coisa de aniversários e festas e muitos desejos que morrem nas palavras.
Reconheço também, que é caso de educação, gentileza, coisa que contribui para o sustento do bem estar entre os seres humanos.

Penso que todo desejo é sincero, e o que eu tenho a desejar à vocês, como prova de sinceridade, é o que desejo a mim mesmo, e é um anseio de que consigamos transformar em Atos e Fatos, as palavras de desejos.
Uma carta, apesar de obsoleto, um e-mail, então; uma ligação telefônica, uma visita, um encontro, uma proposta ou um Incentivo.

Que tenhamos coragem de expandir o Eu para o Nós, em comunidade....Capitalista para ajudar o desenvolvimento, Comunista para ajudar os necessitados, Socialista para partilhar as alegrias e dores e juntando tudo criarmos uma sociedade Humanista, consciente que o mais importante é a Vida, a luta para Mantê-la em sua fragilidade.

Bem, mas nessa altura dessa minha publicação, eis que recebo uma e-mail do nosso amigo Paulo Aurélio Venturolli, de Rio Claro, mas vive em Lauro de Freitas-BA e parece ser um amigo fiel das árvores.

No e-mail, enviou o vídeo do youtube, que anexo à este, e me fez refletir causando essas mal traçadas linhas ABAIXO do link do vídeo, que ofereço à vocês, em um esforço para traduzir a linguagem da natureza, quando quer falar com os seres humanos.
Obrigo Paulo.

Cliquem sobre o link abaixo

https://www.youtube.com/watch?v=J08TU60uq0s

A árvore arco-íris

Raizes largas,
Ramificações que sobem ao longo do Tempo.

Amarelo de alvoreceres,
Preto de entardeceres,
Contando os dias...

Verde de esperanças, que não sejam seifadas,
Azul de força para subir para o infinito,
Alimentadas pela luz, pela água....

Galhos em ramificações,
Cascas tentando se soltarem,
Retorcimentos que parecem dores, em constante luta pela vida.

E lá no final de sua altura e sua idade,
As frescas folhas, flores e frutos...
Lembrando que, é depois de lutas e trabalhos,
Que surgem os melhores resultados.

FELIZ ANO NOVO TODOS!

GREGO, José Cláudio Grego(sic-65-73) E também em nome do Parceiro nesse blog, ROCHA, José Reinaldo C.(sic 62-66)

E agora, para terminar, gostaria de pedir licença ao Omar e passar uma sua mensagem, como mensagem do Blog ex-SIC:

AMIGO 
O mundo se abre agora.
No caminho a vista se apaga.
Um amigo vai-se embora,
e é a saudade quem me afaga. 
Mas no mar, a água da vida,
no céu estrela a cintilar.
Quem sabe um dia, essa ida,
faça a felicidade brilhar? 
Se a meta for difícil,
não tente se esquivar.
Não deixe nenhum resquício,
há sempre um amigo pra ajudar. 
Na reviravolta da vida
jamais sinta indecisão.
Aqui tem a mão amiga
pra te dar força e atenção.
Como diz aquela cantiga,
amigo é mais que um irmão. 
Se do outro lado da história
olhares para o passado,
procura na memória,
talvez um amigo já apagado,
mas que te deseja vitória. 
Um dia rimos bastante
daquela piada constante.
Já sinto no coração,
como se fosse um barbante,
a saudade me apertando.
Um suor que vem brotando
na fronte, no rosto e na mão. 
Amigo, corre pra vida.
Vencer sempre é a tua visão.
Levanta a estrela caída,
que ela há de brilhar em tua mão. 
E na força desse teu gosto,
olha pr’aquele álbum antigo
e faze acender em teu rosto


a certeza de ter um amigo. 

OMAR CARLINE BUENO (SIC-1966-1974)




terça-feira, 24 de dezembro de 2013

FELIZ NATAL!

À TODOS OS AMIGOS EX-SIC,

FELIZ NATAL...lembrem-se do aniversariante...

BOAS FESTAS...regozijem-se com a família e amigos...

SÃO OS VOTOS DESSE SITE PARA TODOS SEUS AMIGOS

(José Cláudio GREGO) - DEZEMBRO - 2013


sábado, 21 de dezembro de 2013

O caso José Bertazoli

Estou publicando nessa edição, os comentários, que são raros e mais raro ainda, foi o aparecimento do Jorjão da turma de 1967, sobre a notícia enviada pelo Maga, sobre o
falecimento do José Bertazoli. 
E daí surgiram algumas dúvidas que é comum, entre nós, quando dois amigos de épocas diferentes se encontram.

Bertazoli, consta nos registros como sendo do período de 1948 à 1951, como disse o Maga.
Ainda não apurei, em que ano o Seminário passou lá do prédio onde é o atual Colégio Pio XII, para o mais apropriado que era o Dom Barreto, na av. saudades.

Certo é que, logo que para lá foi, também começou a construção do nosso SIC, no bairro Cura D´Ars, que em pouco tempo, foi inaugurado, em 1955. Então, o D.Barreto foi de curta passagem e deve ter sido onde esteve o Bertazoli.

Nesse período de construção, apressadamente, o D.Barreto foi "vendido" para as freiras de Congregação de Jesus Crucificado, as mesmas que trabalhavam na cozinha do SIC. Tendo elas pedido o prédio, umas turmas acabaram tendo que ir para um Seminário em Aparecida do Norte, que não é o dos Redentoristas, até o ano de 1954.


Então, Jorge Luis de Oliveira, turma dos menores (1967-1974), você deve mesmo ter encontrado com o verdadeiro Bertazoli, mas nada registra que seja José CARLOS,


.
Como a conversa está em e-mails, reproduzo abaixo a conversa entre os amigos que
comentaram, e agradeço o Vicentini, que sempre está atento onde É CHAMADO.




continuação desse nosso blog.










Como o Bertazoli era bom de bola, como disseram o Maga e o Faria, será que não está
nessa foto, onde estão também o Magalhães, Faur, Ambiel, Onça, Gastão...?


Grego

*********************************************************************************************************
FALECIMENTO